saúde do trabalhador

Saúde do trabalhador na Atenção Primária: percepções e práticas de equipes de Saúde da Família

O estudo buscou conhecer a percepção de equipes de Saúde da Família sobre as relações trabalho-saúde-doença e identificar estratégias, facilidades e dificuldades para prover o cuidado aos trabalhadores. Foram realizados grupos focais com profissionais de unidades básicas em: Palmas (TO), Sobral (CE) e Alpinópolis (MG). Utilizou-se análise de conteúdo de Bardin para sistematização e análise dos dados. Os resultados revelam que as ações de cuidado dos trabalhadores são pontuais e pouco articuladas com as diretrizes e objetivos da Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora. Entre as dificuldades estão: sobrecarga de trabalho; despreparo das equipes para as questões que envolvem as relações trabalho-saúde-doença; falta de apoio institucional, entre outros. O apoio matricial às equipes de saúde pelos Centros de Referência em Saúde do Trabalhador e outras instâncias do SUS foi identificado como facilitador das ações.

Saúde, ambiente e trabalho é tema de publicação

Na quarta-feira, 11 de junho, será lançado o livro Tópicos em saúde, ambiente e trabalho: um olhar ampliado, que conta com a autoria de alunos, professores e orientadores do Programa de Pós-Graduação em Saúde, Ambiente e Trabalho da Faculdade de Medicina da Bahia da Universidade Federal da Bahia (PPgSAT/UFBA). Publicado pela Editora da UFBA, o livro tem 18 capítulos distribuídos nas seções: Estudos sobre o trabalho, Estudos ambientais, e Novos desafios do campo da saúde, ambiente e trabalho: temas emergentes e abordagens metodológicas.

Saúde e trabalho: livro e evento debateram tema

Observar o mundo do trabalho pelos olhos dos trabalhadores e por situações concretas não ocorre de maneira espontânea. Segundo a pesquisadora do Centro de Estudos em Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana da ENSP (Cesteh), Simone Oliveira, essa perspectiva deve ser construída a partir da superação dos obstáculos arraigados no senso comum. "Para tanto, aposta-se na formação como transformação, afirmando o protagonismo dos trabalhadores”, disse ela, durante o seminário Trabalho, formação e transformação, que reuniu diversos atores da área para tratar questões da temática saúde e trabalho.

Curso de especialização em Saúde do Trabalhador chega ao município de São Paulo

Após atuar na qualificação de profissionais em 16 municípios do Estado de São Paulo, a Especialização em Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana da ENSP chegou ao principal centro financeiro, corporativo e mercantil do país. As inscrições para o curso a distância na cidade de São Paulo estão abertas até o dia 9 de maio, e o edital está disponível na página da Educação a Distância da ENSP.

Lato sensu ENSP: inscrições abertas para diversos cursos

Com o objetivo de aprofundar conhecimentos e habilidades técnicas em setores específicos do saber, a ENSP está com inscrições abertas para cinco cursos de especialização e dois de atualização em sua grade. Os cursos, que atraem estudantes brasileiros, latino-americanos e dos Países Africanos de Língua Portuguesa (Palops), integram o programa de formação baseado em competências. O programa é percebido como fundamental para o aprimoramento do SUS e o fortalecimento das ações e serviços de saúde nas esferas local, nacional e, cada vez mais, global.

Seminário Online Interativo: Co-processamento e riscos ambientais e ocupacionais

Hoje, às 14 horas, com a participação de Ana Maria C.B. Braga - Pesquisadora em Toxicologia Ambiental/Ocupacional, Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador do CESTEH/ENSP/Fiocruz.

Gestão e segurança no trabalho tratadas em publicação

A edição 18, número 11, da revista Ciência & Saúde Coletiva – da qual a pesquisadora da ENSP/Fiocruz Maria Cecília Minayo participa como editora-chefe – destaca, em seu editorial, as discussões contemporâneas em torno da finalidade e do sentido da produção de conhecimentos. Redigido pelo pesquisador da ENSP Carlos Minayo, o artigo em questão ressalta que as Políticas de Ciência, Tecnologia e Inovação em todo o mundo vêm questionando o investimento em estudos acadêmicos que não redundem em benefício da sociedade.

Determinantes sociais de saúde: como as desigualdades se expressam no trabalho?

O 11º encontro do Centro de Estudos da ENSP em 2013, realizado em 21/8, teve como tema 'Determinantes sociais de saúde: como as desigualdades se expressam no trabalho?'. A expositora convidada foi a pesquisadora Susanna Toivanen, do Instituto Karolinska/Universidade de Estocolmo, e a coordenação ficou a cargo da pesquisadora da ENSP Dora Chor.
Produção: Coordenação de Comunicação Institucional - CCI
Local: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca
Data: 21 de agosto de 2013

Saúde, Trabalho e Direito no SUS: Por uma agenda de movimentos

O texto busca refletir sobre um tema ainda pouco desenvolvido no âmbito do SUS - o das relações entre a saúde e o trabalho e suas interfaces com o direito. A direção escolhida para o debate segue em dois sentidos: um que diz respeito ao SUS, em si mesmo, enquanto uma utopia em construção e, outro, o do controle social do SUS, enquanto movimento instituído de sujeitos sociais de sustentação potencial dessa utopia.

Páginas

Subscrever RSS - saúde do trabalhador