Você está aqui

material biológico

Número total de notificações de acidentes de trabalho com exposição à material biológico e sua estrutura relativa, em determinado espaço geográfico e CBO no ano considerado.

O Centro Regional de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) de Maceió, ligado à Secretaria Municipal de Saúde (SMS) registrou 588 acidentes com exposição a material biológico, o que corresponde a 71% das notificações de acidentes de trabalho notificados em 2013. Em segundo lugar vem os acidentes de trabalho sério, com 113 registros, representando 13,6% dos nove agravos à saúde do trabalhador.

O Brasil é o primeiro país do mundo a ter uma norma de ampla abrangência (NR-32) que enfatiza a proteção dos trabalhadores de saúde expostos a riscos biológicos. Este estudo avaliou o grau de conhecimento da Norma NR-32, o nível de conhecimento e adesão às precauções padrão. Estudo transversal foi realizado com 208 profissionais selecionados aleatoriamente, sendo 93 médicos residentes e 115 médicos, em um Hospital Universitario brasileiro.

OBJETIVO: Analisar a distribuição dos acidentes de trabalho com exposição a material biológico das fichas de notificação registradas no Centro de Referência de Saúde do Trabalhador de Londrina, traçando um perfil dos profissionais acidentados.
MÉTODOS: Trata-se de um estudo retrospectivo descritivo, com abordagem quantitativa, realizado através de um levantamento nas 253 fichas de notificação de acidentes com material biológico que foram encaminhadas das instituições de saúde da área de abrangência ao Centro de Referência em Saúde do Trabalhador do município de Londrina-PR, no período de janeiro a dezembro de 2006. Os dados foram processados e tabulados eletronicamente, utilizando-se o programa Epi Info, de domínio público.
RESULTADOS: Das 253 fichas de notificação de acidentes com material biológico analisadas, verificou-se que 92,5% foram causados por objetos perfuro-cortantes e 39,5% ocorreram em auxiliares de enfermagem...

O Curso Saúde Ocupacional e Controle de Infecções no Setor Saúde concentra-se na proteção individual. Leve em conta que este é apenas um elemento para proteger os trablahdors na área da saúde para evitar o contato e a transmição de doenças infecciosas. Considere os fatores sociais e ambientais implecados em causar e transmitir enfermidades e os padrões de hierarquia de controle em saúde ocupacional.

 

Define as terminologias adotadas em legislação nacional, conforme o disposto no Regulamento Sanitário Internacional 2005 (RSI 2005), a relação de doenças, agravos e eventos em saúde pública de notificação compulsória em todo o território nacional e estabelece fluxo, critérios, responsabilidades e atribuições aos profissionais e serviços de saúde.

Este instrumento permite o atendimento aos profissionais que sofram exposição a material biológico com risco de soroconversão (HIV, HBV e HCV), estabelecendo conduta de atendimento inicial, orientação e seguimento dos trabalhadores acidentados, uso de quimioprofilaxia e notificação de casos.

Além disto, aponta alguns parâmetros que devem ser considerados pelos serviços de saúde que irão prestar este tipo de atendimento:

Dentro da proposta de se criar um canal Observatório em Saúde do Trabalhador,o Centro de Referência em Saúde do Trabalhador CEREST/SES-GO, apresenta uma análise dos dados coletados junto ao SINAN, referentes à Acidentes de Trabalho com Material Biológico, no Estado de Goiás, nos anos de 2007 a 2010 (série histórica).