Você está aqui

trabalho em saúde

A situação de violência e insegurança vivenciada pelos profissionais da enfermagem no local de trabalho, relatada na pesquisa Perfil da Enfermagem no Brasil, foi noticiada em diversos jornais do país. Coordenado pela pesquisadora da ENSP Maria Helena Machado, o estudo aponta insegurança nos locais de trabalho (70%), situações de violência (20%) e desgaste profissional (66%). Acesse as reportagens publicadas na Folha de S. Paulo, Bom dia Brasil, Jornal da Record e Bandnews e SBT Repórter.

Estão abertas as inscrições para o III Curso de Atualização Gestão das Condições de Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde, que deverão ser feitas no período de 08 de outubro a 08 de novembro de 2013. Dentro desse prazo, a pessoa interessada deverá preencher via internet a ficha de inscrição disponível no endereço eletrônico: cegest.medicina.ufmg.br.

La investigación “Condiciones de Trabajo y Salud de los Trabajadores de la Salud, en Argentina, Brasil, Costa Rica y Perú”, tenía como objetivo analizar los determinantes de la situación de trabajo y salud de los trabajadores de la salud, así como generar indicadores para monitoreo y evaluación de la situación de trabajo y salud de los trabajadores de la salud.

O II Curso de Atualização Gestão das Condições de Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde (Cegest) busca qualificar profissionais vinculados à gestão do Sistema Único de Saúde (SUS) para a formulação e execução de políticas de proteção ao trabalho, bem como aos trabalhadores do setor saúde. Realizado na modalidade semipresencial, é patrocinado pelo Departamento de Gestão e da Regulação em Saúde do Trabalhador, do Ministério da Saúde. O aluno que obtiver aproveitamento receberá o Certificado emitido pela UFMG na modalidade curso de atualização.

Contudo, este mesmo progresso não é observado em outros indicadores. Entre eles, especificamente em relação à saúde dos trabalhadores, estudos localizados evidenciam ocorrência elevada de acidentes de trabalho nos serviços de saúde, adoecimento mental, absenteísmodoença, queixas de dores musculoesqueléticas e insatisfação dos profissionais do SUS. 

A professora do departamento de Medicina Preventiva e Social e pesquisadora do Nescon, Ada Ávila Assunção, participou, ao lado do ministro da Saúde, Alexandre Padilha, da entrega de certificados de conclusão do curso Gestão das Condições de Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde (Cegest), nessa quinta-feira, 13 de setembro, em Brasília.
 

O livro, organizado pela professora Ada Ávila Assunção (MPS) e pelo coordenador geral de Saúde do Trabalhador da Secretaria de Vigilância em Saúde do MS, Jorge Huet Machado, será lançado no próximo mês de novembro, no Congresso Nacional da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco), em Porto Alegre.

O Ministério da Saúde, por intermédio do DEGERTS, em parceria com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e a Organização Panamericana da Saúde (OPAS) realiza nessa segunda-feira, 2 de abril, às 18h00, no Hotel Saint Peter, em Brasília, a aula inaugural do curso de “Gestão das condições de trabalho e saúde do trabalhador da saúde”.