Você está aqui

Fiocruz

Fundação Oswaldo Cruz

Os profissionais da atenção psicossocial têm um papel fundamental em uma epidemia com as características da COVID-19. Entre as particularidades dessa epidemia destaca-se: alta capacidade de contágio, ausência de

Curso Tópicos Especiais em Saúde Coletiva, ofertado pelos Professores André Bonifácio, Danilo Costa, Ernani Vieira e Gabriella Soares do Departamento de Promoção da Saúde da Universidade Federal da Paraíba apresenta:
Painel sobre Saúde do Trabalhador na Atenção Básica: construindo territórios saudáveis e sustentáveis

Convidados : 

Luto é um processo natural de resposta a um rompimento de vínculo, ou seja, quando perdemos alguém ou algo significativo na nossa vida. O significado, as explicações, os rituais de passagem entre a vida e a morte e o processo de enlutamento variam conforme cada sociedade e suas diferenças culturais, cosmológicas e religiosas, bem como as circunstâncias em que ocorre a morte.

Durante uma pandemia é esperado que estejamos frequentemente em estado de alerta, preocupados, confusos, estressados e com sensação de falta de controle frente às incertezas do momento. Estima-se, que entre um terço e metade da população exposta a uma epidemia pode vir a sofrer alguma manifestação psicopatológica, caso não seja feita nenhuma intervenção de cuidado específico para as reações e sintomas manifestados. Os fatores que influenciam o impacto psicossocial estão relacionados a magnitude da epidemia e o grau de vulnerabilidade em que a pessoa se encontra no momento.

O Ministério da Saúde (MS) e a Universidade Aberta do SUS (UNA-SUS) lançam às 11h30 desta quarta-feira (10), o curso a distância "Saúde das Populações do Campo, da Floresta e das Águas". As inscrições são gratuitas e poderão ser feitas a partir de 10 de junho no site da UNA-SUS. No total serão disponibilizadas mais de 10 mil vagas para todo o Brasil.

Este trabalho tem como propósito sistematizar um conjunto de evidências científicas apresentadas em artigos publicados em revistas internacionais acerca dos problemas de saúde que estão afetando os profissionais de saúde envolvidos diretamente no enfrentamento da pandemia de COVID-19. Foram selecionados 53 artigos que apontam os principais problemas, propostas, ações e estratégias adotadas em vários países para a proteção e assistência à saúde desses profissionais.

Alinhado com a missão institucional, e dialogando com as teses aprovadas no VIII Congresso Interno da FIOCRUZ, a vice-presidência de Ambiente, Atenção e Promoção da Saúde (VPAAPS) dá início ao Ciclo de Estudos Saúde e Ambiente, Saúde do Trabalhador e Emergência em Saúde – COVID 19, com o objetivo de contribuir na atualização da produção, disseminação e compartilhamento de conhecimentos e tecnologias em Saúde, Ambiente e Sustentabilidade, voltados para o fortalecimento e a consolidação do Sistema Único de Saúde, a promoção da saúde e a qualidade de vida da população brasileira.

Neste 20 de maio, às 14 horas o Centro de Estudos de Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (CESTEH/ENSP/Fiocruz), o Fòrum Intersindical de Sáude, Trabalho e Direito e o Grupo de Trabalho de Saúde o Trabalhador da Abrasco promovem a sessão virtual Saúde do Trabalhador e a Pandemia de Covid-19. 

O Cesteh, juntamente com a Editora Hucitec, faz o lançamento do livro "AMBIENTE DE TRABALHO: A LUTA DOS TRABALHADORES PELA SAÚDE", 2ª edição revista e ampliada.

A live vai ocorrer dia 10/07/2020, às 16 horas, no link https://meet.google.com/qnt-yjoi-vqa

A evento vai contar com a participação do pesquisadores do Cesteh Katia Reis de Souza, Renato Bonfatti, Letícia Pessoa Masson e Gideon Borges dos Santos, e os convidados especiais Mariana Lacomblez e José Ruben de Alcântara Bonfim.

De 11 de novembro a 3 de janeiro de 2020, estarão abertas as inscrições para o Curso de Especialização Lato Sensu em Saúde do Trabalhador. O curso será oferecido na modalidade presencial pelo Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana, da Escola Nacional de Saúde Pública, com o objetivo de oferecer capacitação para o planejamento, a organização e a avaliação das ações na Área de Saúde do Trabalhador na perspectiva de integrar teoria e prática por meio da reflexão, discussão e investigação dos problemas que envolvem a relação Saúde/Trabalho/Ambiente.