Você está aqui

saúde global

Parte do Projeto Formação em Cidadania para a Saúde, o Curso Capitalismo e Saúde, que já passou pela cidade de Cascavel, agora será ministrado em Ribeirão Preto, de 18 a 20 de maio de 2012. Faça já sua inscrição gratuita!

O Curso irá abordar:

  • O modo de produção capitalista: conceito, história e conformações;
  • Saúde-Doença e Capitalismo: determinação social do processo saúde-doença e socialidade capitalista;
  • Sistemas e Serviços de Saúde: conceitos, história e dinâmica;
  • Promoção à Saúde e Prevenção Profunda: conceitos e operacionalização.

Foi publicado pelo Lancet o relatório sobre "As origens políticas da iniquidade em saúde: perspectivas de mudança. Os autores Ole Petter Ottersen, Jashodhara Dasgupta, Chantal Blouin, Paulo Buss, Virasakdi Chongsuvivatwong, Julio Frenk, Sakiko Fukuda-Parr, Bience P Gawanas, Rita Giacaman, John Gyapong, Jennifer Leaning, Michael Marmot, Desmond McNeill, Gertrude I Mongella, Nkosana Moyo, Sigrun Møgedal, Ayanda Ntsaluba, Gorik Ooms, Espen Bjertness, Ann Louise Lie, Suerie Moon, Sidsel Roalkvam, Kristin I Sandberg, Inger B Scheel fazem parte da elaboração do documento.

No desafio da integração regional, a linguagem (oral, escrita; a partir de seu aspecto semiótico, não linguístico) ocupa, por suas características funcionais especiais, um lugar insubstituível na estrutura da inter-relação. Nos espaços técnicos, porém, seu papel como ferramenta de comunicação precisa de uma instância prévia de negociação que permita identificar signos com capacidade de se tornar código coletivo.

Inovações sem precedentes no mundo do trabalho oferecem “inúmeras oportunidades”, mas os países devem agir para que elas não criem mais desigualdades e incertezas, segundo um novo relatório da Organização Internacional do Trabalho (OIT) divulgado nesta terça-feira (22).

A servidão moderna é um livro e um documentário de 52 minutos produzidos de maneira completamente independente; o livro (e o DVD contido) é distribuído gratuitamente em certos lugares alternativos na França e na América latina. O texto foi escrito na Jamaica em outubro de 2007 e o documentário foi finalizado na Colômbia em maio de 2009. Ele existe nas versões francesa, inglesa e espanhola. O filme foi elaborado a partir de imagens desviadas, essencialmente oriundas de filmes de ficção e de documentários.

Local: UNESP - Marilia

De 25 a 28 de junho de 2012

Promoção:
RET - Rede de Estudos do Trabalho

Apoio:
Universidade Estadula Paulista "Julio de Mesquita Filho" - UNESP - Marilia
Grupo de Pesquisa "Estudos da Globalização" - GPEG
Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais (Mestrado e Doutorado) - Unesp- Marilia
Departamento de Sociologia e Antropologia - DSA

Inscrições Abertas de 28 de março a 25 de maio de 2012 clique aqui

Com sete edições, o Seminário do Trabalho já se consolidou como um evento de referência para a UNESP – Campus de Marília, por se constituir como um importante espaço de debate crítico e de troca de experiências entre diversos pesquisadores do Brasil e do mundo voltados para as questões pertinentes ao mundo do trabalho, em especial para as situações decorrentes das transformações do capitalismo global.

Em seu comentário da semana, Luiz Gonzaga Belluzzo aborda a falta de cobertura correta da mídia brasileira ao desabamento do prédio que abrigava várias unidades manufatureiras em Bangladesh. Para o economista, o incidente, que matou mais de mil pessoas, tem mais significados. O aumento da mão de obra intensiva, do risco que os trabalhadores correm em decorrência às condições precárias do ambiente em que operam, e salários cada vez mais baixos são frutos da unificação dos mercados de trabalho.