Você está aqui

CEREST

Centro de Referência de Saúde do Trabalhador

Em comemoração aos seus 25 anos, o Centro de Referência em Saúde do Trabalhador de Campinas realiza ciclo de debates com o tema: Saúde e Trabalho Contemporâneo: Precarização, Assédio e Contaminação. O evento acontecerá nos dias 15 a 17 de maio no Auditório da CATI (Prédio do CETATE), Av Brasil, 2340, Jardim Guanabara, Campinas/SP.

Confira a programação

Dia 15/05/12

8:00 horas – café da manhã

8:30 h: Abertura com solenidades

9:30 h: Painel: A Saúde do Trabalhador na Atenção Primária de Saúde

Altera o cadastramento dos Centros de Referência em Saúde do Trabalhador no Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (SCNES).

O Secretário de Atenção à Saúde, no uso de suas atribuições,

Considerando a Portaria nº 4.279GM/MS, de 30 de dezembro de 2010, que estabelece diretrizes para a organização da Rede de Atenção à Saúde (RAS) no âmbito do SUS;

Considerando o papel do Ministério da Saúde (MS) de coordenar nacionalmente a política de saúde do trabalhador, conforme o disposto no inciso V do art. 16 da Lei nº 8.080, de 19 de setembro de 1990;

O Centro de Referência Estadual em Saúde do Trabalhador do Pará (Cerest/PA), vnculado à Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) informa que estão abertas, até o dia 2 de abril, as inscrições para o II Curso de Atualização Gestão das Condições de Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde (Cegest). O objetivo da capacitação é qualificar profissionais vinculados à gestão do Sistema Único de Saúde (SUS) para a formulação e execução de políticas de proteção ao trabalho, bem como os trabalhadores do setor saúde.

O CEREST Missões, com sede no município de Ijuí/RS, realiza nos dias 12 e 13 de setembro a IV Jornada em Saúde do Trabalhador com o tema Prevenção de Riscos na Construção Civil.

O evento acontecerá no Salão de Atos da Unijuí.

A Prefeitura de Aracaju, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), realiza o I Fórum Regional em Saúde do Trabalhador, para debater as novas diretrizes e estratégias do Ministério da Saúde para o setor. O evento teve início ontem e segue nesta quinta-feira, 3, no auditório da Secretaria de Estado da Inclusão, Assistência Desenvolvimento Social (Seides).

Todo trabalhador, ao sofrer um acidente dentro do seu ambiente de trabalho (AT típico), ou no percurso entre sua residência e o serviço (AT trajeto), tem o direito de ter esse acidente notificado pelos profissionais da instituição a que recorre para atendimento à saúde. O registro em SINAN do acidente grave, fatal ou com menor de idade é compulsório, sendo, portanto, obrigatório aos pronto socorros, unidades básicas, equipes de saúde da família e serviços privados de saúde.

O coordenador da Comissão Intersetorial de Saúde do Trabalhador Nacional (Cist), Geordeci Menezes de Souza, disse, nesta quarta-feira, 25, durante a 4ª Conferência Estadual de Saúde do Trabalhador e Trabalhadora, que os trabalhadores precisam participar e exercer mais o controle social sobre as ações na área de Saúde do Trabalhador. Ele foi palestrante do tema “Fortalecer a Participação dos Trabalhadores e das Trabalhadoras, da Comunidade e do Controle Social nas Ações de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora”. A mesa foi coordenada pela cogestora da Sespa, Eunice Begot.

O evento ocorreu no dia 26 de abril, e abordou assuntos tais como saude, segurança, prevenção, ação Cerest , Cist. O objetivo da reunião foi capacitar, discutir e integrar cipeiros e outros atores do campo da saúde do trabalhador.