Você está aqui

Notícias

Brasília – A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) lançou uma cartilha com orientações para trabalhadores rurais que trabalham com agrotóxicos. O objetivo é que eles saibam como evitar intoxicações.

De acordo com os dados do Sistema Nacional de Informações Tóxico-Farmcaológicas da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em 2009, foram registradas 188 mortes por agrotóxicos e 11.641 casos de intoxicação. O agrotóxico de uso no campo é a segunda causa de intoxicação no país, ficando atrás apenas dos medicamentos, que somaram 26.540 registros no mesmo ano.

A greve de policiais civis e militares e de bombeiros na Bahia - e uma tentiva frustrada no Rio de Janeiro - parece ser fruto de um processo histórico que vem desgastando a credibilidade desses profissionais junto à população - por meio da formação de uma imagem de ineficácia da sua atuação e de uma atuação corrupta - e também pelo desgaste da crença desses profissionais na possibilidade de obter condições dignas de trabalho, com melhores salários, equipamentos adequados, melhor formação e atenção aos seus problemas de saúde.

Participe do 28º Encontro que terá como tema a questão da relação entre acidentes e processos como a terceirização e precarização das relações de trabalho.

Acidentes e estudos vêm revelando em suas origens contribuições de decisões e práticas associadas com estratégias de precarização de vínculos de trabalho e ou terceirizações. O tema é emergente tendo em vista os processos de enxugamento dos efetivos, as políticas de gestão empresariais que usam da subcontratação e outras medidas decorrentes da reengenharia no contexto da globalização e aumento da competitividade do capital.

Termina hoje a inscrição para o curso Gestão das Condições de Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde. Neste primeiro semestre de 2012 serão oferecidas 400 vagas em modalidade semipresencial.

A Coordenação-Geral de Saúde do Trabalhador/DSAST/SVS/MS lança mais um protocolo para compor a série de Publicações “Complexidade Diferenciada”, com o intuito de atender os trabalhadores com suspeita de agravos à saúde relacionados ao trabalho, oferece recomendações e parâmetros para seu diagnóstico, tratamento e prevenção. Trata-se, pois, de dotar os profissionais do SUS de mais um instrumento para o cumprimento de seu dever enquanto agente de Estado, contribuindo para melhoria da qualidade de vida dos trabalhadores e, por conseguinte, para a garantia de seu direito à saúde. 

A Conferência Mundial sobre DSS (CMDSS) a ser realizada no Rio de Janeiro nos dias 19, 20 e 21 de outubro de 2011 é um encontro de governos e da sociedade civil para debater estratégias e metodologias e assumir o compromisso coletivo de combate às iniquidades em saúde, através da ação sobre seus determinantes sociais.

Diariamente, uma importante parcela dos usuários atendidos pelo SUS apresentam agravos cuja relação com trabalho não é estabelecida. Com o objetivo de garantir a promoção, prevenção, vigilância e assistência à Saúde do Trabalhador no SUS, em 2002 foi instituída a Rede Nacional de Atenção Integral à Saúde do Trabalhador (RENAST). Em 2006, o “Pacto pela Saúde” definiu a Atenção Primária à Saúde como o centro ordenador das redes de atenção à Saúde.

Tags: 

Com o tema “IMPLEMENTANDO A POLÍTICA NACIONAL DE SAÚDE DO TRABALHADOR”, ocorrerá nos dias 27 a 29 de setembro, em Brasília, o V Encontro Nacional da RENAST.O evento apresentará a Ponlitica Nacional de Saúde do trabalhador (PNST), o Manual de Gestão da RENAST e as Diretrizes da Vigilância em Saúde do Trabalhador.

Um dos temas que serão abordados durante a reunião será a inserção de ações de saúde do trabalhador na atenção primáira. Para enriquecer o debate Renast Online abre espaço para as contribuições e opiniões da comunidade da RENAST. Participe!

Prêmio InovaSUS valoriza ações de gestores nos Estados e Municípios

Poderão participar do Prêmio InovaSUS, Secretarias de Saúde Estaduais, Municipais e do Distrito Federal, desde que a iniciativa descrita esteja em vigência ou implantada há no máximo cinco anos, demonstre possibilidade de reprodução, sustentabilidade e  impacto potencial, e ter resultados mensuráveis. Além disso, é necessário o enquadramento em uma das áreas temáticas que são:Plano de Cargos, Carreiras e Salários no SUS (PCCS): Planos que articulem gestão do trabalho e da educação em saúde;

Dentro da proposta de se criar um canal Observatório em Saúde do Trabalhador,o Centro de Referência em Saúde do Trabalhador CEREST/SES-GO, apresenta uma análise dos dados coletados junto ao SINAN, referentes à Acidentes de Trabalho com Material Biológico, no Estado de Goiás, nos anos de 2007 a 2010 (série histórica).

Subscrever