CESTEH

Centro de Estudos do Trabalho e Ecologia Humana

Cesteh relembra três décadas da área de saúde do trabalhador

Definida como um conjunto de medidas de prevenção, assistência e vigilância dos agravos à saúde relacionados ao trabalho, as ações da área de Saúde do Trabalhador visam, principalmente, reduzir as doenças ocupacionais, os acidentes, além de proporcionar melhor qualidade de vida aos profissionais.

Especialização em Pneumologia Sanitária: inscrições abertas até 4/5

Estão abertas, até o dia 4 de maio, as inscrições para o curso de especialização em Pneumologia Sanitária, coordenado pelos pesquisadores Jesus Pais Ramos, Glória Regina Coelho da Motta e Martha Góes Fernandes. Constituído de cinco Unidades de Aprendizagens (UA), o curso tem por objetivo capacitar profissionais de saúde a analisar criticamente, planejar, promover ações e gerenciar programas de controle e desenvolver vigilância epidemiológica no âmbito da tuberculose.

Saúde do trabalhador: curso presencial tem inscrições abertas até 12/2

O curso de especialização em Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana da ENSP (presencial) alterou o cronograma de inscrições e o período das aulas. Agora, os interessados têm até o dia 12 de fevereiro de 2015 para preencher o formulário eletrônico de inscrição, situado na Plataforma Siga Lato Sensu Fiocruz.

ENSP debate qualidade de vida no trabalho

O Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP) promoveu o último encontro de uma série de seminários realizados em 2014, no dia 10/12. O propósito do seminário foi apresentar e debater o projeto Grupos de Saúde e Qualidade de Vida no Trabalho, coordenado pelo psicólogo do Cesteh, Tito Canha. Em parceria com o Instituto de Psicologia da UFRJ, esta iniciativa - implantada no segundo semestre deste ano -  visa acolher trabalhadores que chegam ao Cesteh alegando sofrimento psíquico oriundo do trabalho. Para Canha, esse é hoje um gravíssimo problema social.

Estado oferecerá curso de especialização em saúde do trabalhador

O Governo do Paraná e a Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico em Saúde (Fiotec/Fiocruz) vão promover a partir de 2015 o primeiro Curso de Especialização em Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana do Estado. O contrato de prestação de serviços, no valor de R$ 1,2 milhão, foi assinado nesta segunda-feira (15), em Curitiba, pelo secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto.

Sessão discute qualidade de vida e saúde mental no trabalho

No dia 10 de dezembro, o Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP) vai realizar o último encontro de uma série de seminários realizados em 2014. A sessão, que acontecerá às 12 horas na sala 32, abordará a Qualidade de Vida e Saúde Mental no Trabalho e contará com a presença do pesquisador da unidade Tito de Canha.

A atividade é aberta a todos os interessados. Para participar não é necessária inscrição prévia.

Cesteh deverá manter o certificado internacional de acreditação

Entre os dias 10 e 11 de novembro, o Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP) recebeu a visita de representantes da Joint Commission International (JCI), organização de acreditação com maior experiência no mundo em avaliação de serviços, para pleitear a manutenção do certificado de qualidade internacional de serviços laboratoriais e ambulatoriais.

Condições de saúde e trabalho dos policiais do estado do Rio de Janeiro

O Centro Latino-Americano de Estudos de Violência e Saúde Jorge Careli (Claves/ENSP) desenvolve estudos com a finalidade de investigar os impactos das condições de trabalho no processo de adoecimento e morte dos policiais. Este foi o foco da exposição da pesquisadora Patrícia Constantino, em 14/10, durante sessão científica.

Saúde para quem precisa: Cesteh discute trabalho policial

Se você assistiu ao filme Tropa de Elite, faça um exercício de memória: cite, de cabeça, três ou quatro características do personagem principal da trama, o Capitão Nascimento. Muito provavelmente, você lembrou do policial durão, incorruptível, violento, dado a tiradas sarcásticas. Frágil, debilitado, confuso não parecem combinar com o personagem que veio a se tornar um dos mais populares do cinema nacional.

Cesteh inaugura curso inédito sobre saúde do policial

Sob a farda, um corpo de carne e osso, sujeito a tiros e outras formas de violência, que adoece e envelhece como qualquer um; sob o capacete, uma cabeça que pensa, sente e, às vezes, pifa. Eis o policial, agente do estado que muitas vezes nos acostumamos a ver como um autômato cumpridor de ordens. É ele o foco do curso do Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana que começa na próxima segunda-feira (13/10), na ENSP.

Páginas

Subscribe to RSS - CESTEH