Você está aqui

Mato Grosso do Sul (50)

Código: 
50
Nível: 
Estado

Informações no sistema

Período: 2.007 a 2.018
Número total de vínculos (RAIS): 11.396.295
Número total de registros de acidentes e doenças do trabalho (AEAT): 116.034
Número de notificações de agravos relacionados ao trabalho (SINAN): 21.493

A Prefeitura de Dourados, através do Cerest (Centro Regional de Referência à Saúde do Trabalhador) fez visita a empresas dos bairros para orientar os funcionários sobre prevenção e aplicação dos conceitos de Saúde do Trabalhador em suas atividades diárias.

A Coordenação-Geral de Saúde do Trabalhador/DSAST/SVS/MS lança mais um protocolo para compor a série de Publicações “Complexidade Diferenciada”, com o intuito de atender os trabalhadores com suspeita de agravos à saúde relacionados ao trabalho, oferece recomendações e parâmetros para seu diagnóstico, tratamento e prevenção. Trata-se, pois, de dotar os profissionais do SUS de mais um instrumento para o cumprimento de seu dever enquanto agente de Estado, contribuindo para melhoria da qualidade de vida dos trabalhadores e, por conseguinte, para a garantia de seu direito à saúde. 

Entre 1992 e 2002, apenas no Estado do Mato Grosso do Sul, o Centro Integrado de Vigilância Toxicológica registrou 1.355 notificações de intoxicações. Nesse conjunto ocorreram 506 tentativas de suícidio e 139 óbitos. A causa das mortes foi a ingestão voluntária de agrotóxicos.

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL
SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE
DIRETORIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE
CVIST – COORDENADORIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE DO TRABALHADOR
CEREST – CENTRO ESTADUAL DE REFERÊNCIA EM SAÚDE DO TRABALHADOR

Comunicado

Prezado (a) Senhor (a),

A Coordenadoria de Vigilância em Saúde do Trabalhador – CVIST vinculada à Diretoria Geral de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado de Saúde criou a Gerência de Vigilância de Ambiente de Trabalho – GVAT através

É imensa a sensação de dever cumprido e alegria que a Coordenação do 1º Curso de Especialização a Distância de Epidemiologia em Saúde do Trabalhador, (Cepist I), o Instituto de Saúde Coletiva e a Universidade Federal da Bahia apresentam ao público uma seleção de monografias de conclusão deste curso. Foi durante a gestão do Sr. Carlos Vaz, à frente da Coordenação-Geral de Saúde do Trabalhador (CGSAT), que foram iniciadas as tramitações para a oferta desse Curso, o primeiro no Brasil sobre esta temática.

A Prefeitura de Dourados, através do Cerest (Centro Regional de Referência em Saúde do Trabalhador) tem realizado diversas visitas a empresas de Dourados e região com as Ações Preventivas em Saúde do Trabalhador, conforme demanda de casos notificados. A ação envolve médico, psicóloga, enfermeira e fisioterapeuta. No dia 13 a visita será no Núcleo de Confecções Margarida Ojeda Rojas, no BNH 4º Plano.

Falhas na coordenação do trabalho de órgãos da agricultura, saúde e meio ambiente responsáveis pelo monitoramento do uso de agrotóxicos no país limitam muito a capacidade do governo de evitar que alimentos contaminados cheguem à mesa dos brasileiros. O problema foi apontado pelos participantes de audiência pública realizada nesta quinta-feira (22) na Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA).