ENSP

Pesquisa identifica perfil dos pacientes de dermatologia

Os profissionais que atuam nas áreas de limpeza, construção civil, mecânica e metalurgia são os mais acometidos pela dermatite de contato ocupacional, segundo levantamento dos casos atendidos pelo Serviço de Dermatologia Ocupacional da Escola Nacional de Saúde Pública. Os dados, coletados a partir do atendimento de 1.735 pacientes, no período de 2000 a 2011, foram apresentados pela coordenadora do serviço, Maria das Graças Mota Melo, durante a XXXI Reunião Anual de Dermatologistas Latino-Americanos (Radla) e o 15º Congresso Nacional da Associação Nacional de Medicina do Trabalho (ANAMT).

ENSP atua em projetos sobre benzeno e organiza evento nacional

No final da década de 1990, a discussão sobre a contaminação de trabalhadores e da população do entorno dos postos de combustíveis começou a ganhar forma por intermédio de um grupo que atuava na avaliação da exposição dos trabalhadores nas fábricas que utilizavam benzeno.

Saúde do trabalhador: curso é estratégico para o país

Qualificar profissionais que atuam no SUS para incorporar as relações entre produção, ambiente e saúde às práticas de saúde, de modo a solucionar problemas concretos, considerando o processo produtivo como determinante do processo saúde-doença e da degradação ambiental é o objetivo do curso de especialização em Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana da ENSP – na modalidade a distância desde 2006. Atualmente, com cerca de 800 alunos, o curso está sendo ministrado para 14 municípios do estado de São Paulo.

Ceensp discute condições de saúde em empreendimentos

Monitoramento de condições de vida e saúde em áreas de implantação de grandes empreendimentos: desafios metodológicos será o tema da próxima edição do Centro de Estudos da ENSP, na quarta-feira (24/4), às 14 horas. Participarão como palestrantes os pesquisadores Luciano Toledo, coordenador-geral do Plano de Monitoramento Epidemiológico da Área de Influência do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), e Paulo Sabroza, coordenador técnico do projeto.

Inscrições abertas para cursos a distância da ENSP

A Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP) está com mais de 8 mil vagas disponíveis para cursos na modalidade a distância. As inscrições para as 41 vagas do curso de especialização em Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana são voltadas para os Centros Regionais de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) dos municípios paulistas de Indaiatuba, Cruzeiro e Franco da Rocha. Já o curso livre nacional de Qualificação de Conselhos de Saúde (Quali Conselhos), composto de momentos presenciais e a distância, apresenta 8 mil vagas. O curso é dirigido para conselheiros municipais e estaduais de saúde de todo o país indicados pelos respectivos conselhos em que atuam.

Especialização ENSP: quatro cursos com inscrições abertas

Com o objetivo de aprofundar conhecimentos e habilidades técnicas em setores específicos do saber, a ENSP está com inscrições abertas para quatro cursos de especialização em sua grade. Os cursos, que atraem estudantes brasileiros, latino-americanos e de países africanos de língua portuguesa (Palops), integram um programa de formação baseado em competências, que vem se mostrando fundamental para o aprimoramento do SUS e o fortalecimento das ações e serviços de saúde nas esferas local, nacional e, cada vez mais, global.

Ações de vigilância em saúde do trabalhador em debate

O mestrado profissional em Vigilância em Saúde do Trabalhador do Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP) promoveu, em 12 de dezembro, uma mesa-redonda com o tema Ações estruturantes de vigilância em saúde do trabalhador. Os palestrantes debateram as dificuldades e as ações desenvolvidas no âmbito da pesquisa e do serviço.

Vigilância em saúde do trabalhador: tema de mesa-redonda em 12/12

O mestrado profissional em Vigilância em Saúde do Trabalhador promoverá, no dia 12 de dezembro, uma mesa-redonda com o tema Ações estruturantes de vigilância em saúde do trabalhador. A palestra, marcada para as 9 horas no auditório (sala 32) do Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP), será proferida pelo médico Paulo Gilvane Lopes Pena e pela fonoaudióloga Simone Alves dos Santos. O evento é aberto a todos os interessados, sem necessidade de inscrição prévia.

Centro de Estudos debate a saúde do trabalhador

Saúde do trabalhador: novas referências é o tema da 15ª edição do Centro de Estudos da ENSP em 2012. Para debater o assunto, no dia 21 de novembro, às 14 horas, a atividade contará com a participação do coordenador-geral de Monitoramento do Benefício por Incapacidade do Ministério da Previdência Social (MPS), Paulo Rogério Albuquerque de Oliveira, e do pesquisador da ENSP, Paulo Sabroza. A coordenação do Ceensp será feita pela pesquisadora do Instituto de Pesquisas Clínicas Evandro Chagas (Ipec/Fiocruz), Élida Hennington.

EAD: especialização em saúde do trabalhador abre inscrições

Estão abertas, até o dia 30 de novembro, as inscrições para o curso de especialização em Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana na modalidade a distância – uma parceria da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP) com a Área Técnica de Saúde do Trabalhador do Ministério da Saúde (CGSAT/DSAST/SVS). O curso visa à formação de profissionais para apoiar a implementação das ações de saúde do trabalhador no Sistema Único de Saúde (SUS), com ênfase na Rede Nacional de Atenção Integral à Saúde do Trabalhador.

Páginas

Subscribe to RSS - ENSP