Você está aqui

Controle social

O Conselho Estadual de Saúde está finalizando o cronograma das conferências Municipais que devem ocorrer em Rondônia em 2014. Até o dia 30 de junho todas as quatro macrorregionais de Vilhena, Cacoal, Ji-Paraná, Rolim de Moura, Ariquemes e Porto Velho devem ser finalizadas, segundo resolução do Conselho Nacional de Saúde.

Realizado em tempo real em 06/12/2013 a partir das 14:00

1ª Exposição: Profª Maria da Graça L. Hoefel - Professora da UNB
- Avaliação do funcionamento CIST, Conselhos de Saúde e perspectivas do controle social em saúde do trabalhador.

2ª Exposição: Geordeci Souza - Coordenador da CIST Nacional
- Fortalecimento e Organizações da CIST 

Coordenação: Olga Rios - Aluna do Mestrado Profissional de Vigilância em Saúde do Trabalhador (ENSP/Fiocruz)

O município de Santana, distante cerca de 25 quilômetros da capital Macapá, vai sediar nesta quinta e sexta-feiras, dias 24 e 25, respectivamente, a Macrorregional Sudoeste da Conferência Estadual de Saúde do Trabalhador e Trabalhadora. A abertura será às 18 horas desta quinta-feira, no prédio do Sebrae, situado à Avenida Rui Barbosa, Nº 1193, no Centro. A etapa sudoeste contará com a participação de 150 pessoas entre delegados e convidados.

A campanha “Não passe do limite – Complete o tanque só até o automático”, contra a contaminação pelo benzeno nos postos de combustíveis de Mato Grosso do Sul, continua. A diretoria do Sindicato dos Empregados em Postos de Serviços de Combustíveis e Derivados de Petróleo de MS – Sinpospetro/MS faz a distribuição de folhetos com orientações sobre o perigo de contaminação por esse e outros produtos, componentes dos combustíveis, que podem causar câncer e outras doenças  tanto em frentistas e funcionários de postos, como também no próprio consumidor.

A comissão organizadora através do CEREST de Ubá e de Juiz de Fora, GRS de Ubá e de Leopoldina, CMS de Ubá e de Juiz de Fora, SRS Juiz de Fora e INSS Juiz de Fora, realizaram a IV Conferência Estadual de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora - Etapa Macro regional da Região Ampliada Sudeste em Juiz de Fora - MG, que aconteceu nos dias 08, 09 e 10 de maio de 2014. O objetivo foi deliberar sobre a implementação da política nacional de saúde do trabalhador e da trabalhadora.

Etapa paulista vai definir 12 propostas para conferência nacional, que ocorre em novembro. Avaliação é de que pouco se avançou na execução de linhas definidas durante evento realizado em 2005

O Conselho Municipal de Saúde e CIST (Comissão Intersetorial em Saúde do Trabalhador) através da Secretaria Municipal de Saúde tem a honra de convida-los a participar da 1ª Conferência Regional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora da Região Araguaia, com o tema: ‘‘Implementação da política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora’’.

Data: 29 de abril 2014
Horário: 08h ás 19h
Local: Auditório do IFPA

Está em andamento, em Belo Horizonte, a IV Conferência Estadual de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora de Minas Gerais, com o tema central a “Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora, direito de todas e de todos e dever do Estado”. O evento, com realização no auditório Dayrrel Hotel (Rua Espírito Santo, 901 – Centro) até este sábado (31/05), tem como propósito construir propostas para a elaboração da política estadual e nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora.

Técnicos da Vigilância à Saúde do Trabalhador e profissionais da Atenção Primária da 1ª Região de Saúde participaram nesta segunda-feira (13) no Conselho Regional de Medicina de Alagoas (Cremal), no Farol, da reunião de balanço da 3ª Conferência Estadual de Saúde do Trabalhador, que aconteceu em junho. A iniciativa teve o objetivo de discutir as propostas eleitas no evento e que serão levadas à 4ª Conferência Nacional, que acontecerá em dezembro, em Brasília.

Conferência Nacional quer solução para reduzir o número elevado de acidentes e mortes no trabalho. Em 42 anos, País registra mais de 155 mil mortes

O Brasil vai debater formas eficazes de combater os acidentes, mortes e doenças profissionais que ocorrem  no País. Dados do Anuário Estatístico do INSS, aponta que, desde sua criação,  em 42 anos, foram registrados 38.181.856 milhões de acidentes e doenças do trabalho em todo o país. Destes, 558.261 mil, foram afastados por incapacidade permanente e, 155.761 trabalhadores perderam suas vidas nos locais de trabalho.