Você está aqui

Profissionais do ensino (23)

Código: 
23
Nível: 
Subgrupo principal

Informações no sistema

Período: 2.007 a 2.017
Número total de vínculos (RAIS): 30.770.545
Número total de vínculos com afastamento (RAIS): 2.626.162
Número total de vínculos com afastamento por doença (RAIS): 1,460,041
Número total de vínculos com afastamento relacionado ao trabalho (RAIS): 81.083

O Centro de Estudo em Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana da Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca (Cesteh/Ensp/Fiocruz/MS) realizou nos dias 27 e 28 de junho de 2016, das 9 às 16h no Salão Internacional da Escola Nacional de Saúde Pública/Fiocruz a III Oficina de Formação e Qualificação em Saúde do Trabalhador – diálogo com os atores da prática.

No desafio da integração regional, a linguagem (oral, escrita; a partir de seu aspecto semiótico, não linguístico) ocupa, por suas características funcionais especiais, um lugar insubstituível na estrutura da inter-relação. Nos espaços técnicos, porém, seu papel como ferramenta de comunicação precisa de uma instância prévia de negociação que permita identificar signos com capacidade de se tornar código coletivo.

Este é um protocolo que visa orientar os profissionais a identificar, notificar e subsidiar as ações de vigilância dos casos de DVRTs e de seus determinantes. A adoção deste protocolo estabelece a utilização de critérios definidos em consenso por especialistas e permite produção, análise e avaliação epidemiológica dos dados, o que contribui para a identificação da real magnitude de casos de DVRTs e embasamento das ações de Vigilância em Saúde do Trabalhador.

O artigo é uma contribuição para as discussões metodológicas do pilar participação que orienta as estratégias de Promoção da Saúde. Reflete sobre as bases conceituais e metodológicas das Comunidades Ampliadas de Pesquisa-ação (CAP) como dispositivos para uma Promoção Emancipatória da Saúde (PES), tomando por referência a experiência do Laboratório Territorial de Manguinhos.

OBJETIVO:

Determinar a associação entre distúrbio de voz e estresse no trabalho e perda da capacidade de trabalho entre professoras da rede municipal de São Paulo.

MÉTODOS:

A importância da voz e da comunicação humana é inquestionável. A voz é uma característica única de cada pessoa, um meio essencial de atingir o outro. No Dia do Professor, 15 de outubro, o Centro de Regional de Referência em Saúde do Trabalhador da Macrorregião Missioneira (Cerest Ijuí) alerta para os cuidados com a voz nessa profissão.

O Caderno de Atenção Básica nº 41 – Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora compreende parte de um esforço compartilhado entre o Departamento de Atenção Básica da Secretaria de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde (DAB/SAS/MS) e a Coordenação-Geral de Saúde do Trabalhador.