Você está aqui

UFMG

Saiu o resultado da seleção para o Curso de Gestão das Condições de Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde .

Os candidatos às 400 vagas ofertadas podem conferir a lista com os selecionados clicando AQUI.

Os aprovados no processo seletivo receberão um e-mail de UFMG-Educação a Distância, comunicando a senha para acessar a plataforma de estudos online, registrar o perfil e iniciar a navegação.

 

A pesquisadora Elizabeth Costa Dias, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), esteve na ENSP, em 8/4, para discutir a Contribuição da atenção básica para a atenção integral à saúde do trabalhador. Segundo ela, a caminhada da saúde do trabalhador é um sonho que vem sendo construído ao longo dos anos por muitas pessoas.

La investigación “Condiciones de Trabajo y Salud de los Trabajadores de la Salud, en Argentina, Brasil, Costa Rica y Perú”, tenía como objetivo analizar los determinantes de la situación de trabajo y salud de los trabajadores de la salud, así como generar indicadores para monitoreo y evaluación de la situación de trabajo y salud de los trabajadores de la salud.

Termina hoje a inscrição para o curso Gestão das Condições de Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde. Neste primeiro semestre de 2012 serão oferecidas 400 vagas em modalidade semipresencial.

Ocorreu nos dias 30 de junho e 1 de julho a oficina Contribuição ao processo de facilitação do desenvolvimento de ações de Saúde do Trabalhador na atenção Básica. A atividade faz parte  Projeto de Estudo: “Desenvolvimento de Estratégias para apoio à Saúde do Trabalhador na Atenção Primária à Saúde” desenvolvido pelo Centro Colaborador em Saúde do Trabalhador do Departamento de Medicina Preventiva e Social da UFMG Coordenação Geral de Saúde do Trabalhador (CGSAT/SVS/MS) do Ministério da Saúde.

A oficina teve como objetivo:

Introdução: Até hoje, as propostas de capacitação em Saúde do Trabalhador para a Atenção Primária das quais se tem registro no Brasil foram pensadas a partir da perspectiva de técnicos da área. Entretanto, para que a formação em saúde cumpra seu papel, de acordo com as premissas da Política Nacional de Educação Permanente em Saúde, é preciso conhecer as necessidades e o que pensam estes profissionais. Objetivo: Identificar a percepção dos profissionais de nível superior que atuam na atenção primária em Minas Gerais quanto ao desenvolvimento de ações de saúde do trabalhador no SUS.

Dia 23 de setembro, das 13h às 17h, acontece na Faculdade de Medicina da UFMG o Seminário Saúde e Condições de Trabalho dos Professores da Educação Básica no Brasil. No mesmo dia, também na sala 463, haverá o lançamento do número temático do suplemento do periódico Cadernos de Saúde Pública, e o Seminário vai discutir os resultados do inquérito epidemiológico, realizado com professores da educação básica de todo o Brasil.