Você está aqui

CEREST

Centro de Referência de Saúde do Trabalhador

Relatório técnico-científico encomendado pela Coordenação Geral de Saúde do Trabalhador do Departamento de Vigilância em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador (DSAST) da Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS), a fim de orientar a construção da Política de Saúde do Trabalhador e Saúde Ambiental na rede de Atenção Primária à Saúde no SUS.  

O acompanhamento da expansão da pandemia do novo coronavírus para novos bairros, municípios e estados tem demonstrado que a transmissão do contágio pelo SARS CoV-2 tem atingido e se propagado entre grupos de trabalhadores e ao longo das cadeias produtivas dos diversos ramos e setores de atividades econômicas, seja naquelas atividades consideradas essenciais (como serviços de saúde, comércio de gêneros alimentícios, transporte de pessoas e mercadorias, geração de energia, agricultura e produção de alimentos etc), quanto em atividades não essenciais, que não interromperam seu funcionamento du

O Centro de Referência de Saúde do Trabalhador de Amparo/SP desenvolve ações voltadas para a saúde dos trabalhadores na atenção básica (AB). A fim de compreender esse processo, pesquisamos o Apoio Matricial (AM) em Saúde do Trabalhador (ST), sua trajetória dificuldades e potencialidades, mediante abordagem qualitativa de estudo de caso. As principais ações de AM são reuniões temáticas, apoio às demandas e produção de informativos. A troca de conhecimentos e experiências propicia maior vínculo entre os profissionais.

A I Mostra Regional de Saúde do Trabalhador objetiva reunir profissionais da área da saúde e segurança do trabalho, seguridade social, controle social, sindicatos, trabalhadores e estudantes das áreas correlatas para compartilhar os diversos saberes e experiências, afim de otimizar as ações em saúde do trabalhador no seu município.

Dia: 05 de dezembro de 2012
Horário: Das 8:00 às 16:00 horas
Local: Auditório da UNIP Universidade Paulista em Jundiaí
Endereço: Av. Armando Giassetti, 577 – Trevo Itu/Itatiba - Jundiaí

Esta cartilha “MAIS QUE BELEZA! – Um alerta sobre saúde & segurança aos profissionais da beleza”. foi elaborada pela equipe do Cerest, com a participação de interlocutores regionais de Saúde do Trabalhador da região, representantes do GVS, GVE e DRS 14. Também tivemos a rica contribuição dos técnicos do Cerest Estadual de São Paulo Neli Pires Magnanelli e Ailton Crateus e também da Maria Isabel S. J. Marcatto da Divisão de Serviços de Saúde da SES/SP.

A importância da voz e da comunicação humana é inquestionável. A voz é uma característica única de cada pessoa, um meio essencial de atingir o outro. No Dia do Professor, 15 de outubro, o Centro de Regional de Referência em Saúde do Trabalhador da Macrorregião Missioneira (Cerest Ijuí) alerta para os cuidados com a voz nessa profissão.

Com auditório lotado, acaba de ocorrer a abertura do Seminário de Vigilância em Saúde do Trabalhador, promovido pelo CEREST do Distrito Federal, em Parceria com a Diretoria Regional de Brasilia da Fiocruz.

 

O Centro de Referência Estadual em Saúde do Trabalhador (Cerest) promove nesta quinta-feira (22) e na sexta (23), no auditório do Centro Estadual da Fundacentro no Pará (Cepa), a primeira oficina sobre as “Linhas de Cuidados Relacionados aos Agravos Provocados pela Cadeia Produtiva do Alumínio no Pará”. O evento tem como objetivo criar alternativas de linhas de cuidados, em todos os níveis de atenção à saúde, para prevenir danos aos trabalhadores expostos a produtos químicos na produção de alumínio.

Unidades estão prontas para desenvolver as ações de Saúde do Trabalhador

Trabalhadores dos municípios de Picos e Uruçuí que precisam de atendimento de fisioterapia, nutrição, fonoaudiologia, assistência jurídica, ortopedia, entre outros serviços, em breve serão beneficiados com unidades do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest).

A agricultura é considerada um dos setores produtivos mais perigosos do ponto de visto do trabalho humano.

Em função das características inerentes ao trabalho agrícola, em particular pela sinergia que ocorre entre os fatores de risco presentes, os acidentes de trabalho que ocorrem no meio rural são muito danosos à saúde dos trabalhadores.

Essas constatações justificam plenamente o esforço de pesquisa direcionado à análise dos fatores de riscos e na seleção ou projeto de equipamentos de proteção que sejam eficazes e minimamente desconfortáveis.