Você está aqui

Saúde humana e serviços sociais (Q)

Código: 
Q
Nível: 
Seção

Informações no sistema

Período: 2.007 a 2.018
Número total de vínculos (RAIS): 30.031.190
Número total de vínculos com afastamento (RAIS): 3.094.797
Número total de vínculos com afastamento por doença (RAIS): 2.020.038
Número total de vínculos com afastamento relacionado ao trabalho (RAIS): 154.620

A Fiocruz Mato Grosso do Sul, em conjunto com a Fiocruz Brasília, realiza estudo que objetiva avaliar o impacto do transtorno mental no trabalho e nos trabalhadores da saúde durante a pandemia de Covid-19.

Acontece nessa semana em João Pessoa (PB) a III Oficina Nacional de Multiplicadores de VISAT. A oficina reúne multiplicadores egressos, colaboradores e parceiros do Curso de Formação de Multiplicadores de Vigilância em Saúde do Trabalhador, desenvolvidos pela Escola Nacional de Saúde Pública da Fundação Oswaldo Cruz, por intermédio do Departamento de Direitos Humanos, Saúde e Diversidade Cultural (DIHS/ENSP/FIOCRUZ), em parceria com outras instituições.

O Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP/Fiocruz) realizará na quinta-feira, 22 de novembro, o debate O eSocial e suas implicações para Saúde do Trabalhador. A atividade contará com a participação da chefe da Seção de Segurança e Saúde no Trabalho da Superintendência Regional do Trabalho do Ministério do Trabalho, Gisele Daflon. O debate é aberto aos interessados e será coordenado pelo pesquisador do Cesteh/ENSP, Alexandre Mosca.

A Revista Trabalho (En)Cena convida Profissionais, Alunos, Professores e envolvidos com a temática, para enviar colaboração inédita, resultante de pesquisa teórica, empírica e/ou apontamentos metodológicos, além de relatos de experiência, resenhas de livro e/ou filme, para compor Dossiê sobre Pesquisas e práticas em promoção, prevenção e atenção à saúde do/a trabalhador/a em espaços sindicais. A submissão de artigos foi prorrogada e poderá ser feita até 31 de outubro de 2018.

O Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP/Fiocruz) convida para a webconferência sobre “Educação à distância em Saúde do Trabalhador: balanço e perspectivas”, que ocorrerá no dia 12 de novembro de 2018, das 10:30 às 12 horas (horário de Brasília- DF).

Esta atividade terá como palestrantes Rita Mattos e Karla Meneses, coordenadoras do Curso de Especialização em Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Modalidade a Distância) do Cesteh/ENSP/Fiocruz.

No passado, eles tiveram que enfrentar ameaças das empresas, espiões e, principalmente, a dor de perder amigos, colegas e parentes contaminados com amianto. Hoje, quase um ano depois da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de banir o uso do mineral, a luta é para um acompanhamento adequado daqueles que ainda podem adoecer, para lidar com o os rejeitos que se espalham pelo ambiente e para que a lei seja efetivamente aplicada.

Entre os dias 30 de março a 15 de junho de 2020 foram testados 59.190 trabalhadores da saúde que atuam em serviços ligados ao enfrentamento da pandemia da COVID-19. Os testes diagnósticos foram realizados nos mais diversos serviços de referência do Estado da Bahia, sendo, 7.032 (11,8%) trabalhadores testados pelo CTA1, destes 1.699 na modalidade Drive Thru, 5.255 por coletas no ambulatório e 78 em domicílio; 12.204 (20,6%) pelas unidades de saúde da SESAB e 39.954 (67,5%) oriundos de informações sistematizadas pelo CIEVS, a partir de dados e-SUS, SIVEP-Gripe e GAL/LACEN-BA. 

Este trabalho tem como propósito sistematizar um conjunto de evidências científicas apresentadas em artigos publicados em revistas internacionais acerca dos problemas de saúde que estão afetando os profissionais de saúde envolvidos diretamente no enfrentamento da pandemia de COVID-19. Foram selecionados 53 artigos que apontam os principais problemas, propostas, ações e estratégias adotadas em vários países para a proteção e assistência à saúde desses profissionais.

A publicação analisada, intitulada "Condições de Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde", é a primeira da Série Nescon de Informes Técnicos, organizada pela Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) e desenvolvida em colaboração com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), especificamente através do Núcleo de Educação em Saúde Coletiva (Nescon).

A quinta edição do Boletim CoVida, intitulada “A saúde dos trabalhadores de saúde no enfrentamento da pandemia da Covid-19”, foi elaborada a partir de uma síntese de evidências científicas, baseada em revisão de artigos publicados em revistas nacionais e internacionais.