Indicadores e Dados Básicos - Brasil

Rede Interagencial de Informações para a Saúde - RIPSA, criada por iniciativa conjunta do Ministério da Saúde e da OPAS, reúne instituições representativas dos segmentos técnico-científicos diretamente envolvidos na produção e análise de dados de interesse para a saúde no país. Seu propósito é subsidiar, com informações relevantes, os processos de formulação, gestão e avaliação de políticas e ações públicas de importância estratégica para o sistema de saúde brasileiro. A Rede pressupõe compromissos de parceria permanente na produção e uso de dados e informações necessárias para caracterizar o estado de saúde, as respostas do aparelho prestador de serviços e os fatores socioeconômicos que condicionam o quadro sanitário.

Os Indicadores e Dados Básicos para a Saúde (IDB) são produto dessa ação integrada, diretamente trabalhado pelas instituições responsáveis pelos principais sistemas de informação de base nacional utilizados - Ministério da SaúdeInstituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) e Ministério da Previdência Social.

São apresentados no IDB os indicadores disponíveis por grandes regiões, estados, Distrito Federal, regiões metropolitanas e municípios das capitais. Dependendo dos indicadores, eles podem ser desagregados segundo várias outras categorias, tais como idade e sexo. Para cada indicador, há a correspondente Ficha de Qualificação, proveniente da publicação "Indicadores básicos para a saúde no Brasil: conceitos e aplicações", destinada a orientar os usuários nos aspectos de conceituação, interpretação, usos, limitações, método de cálculo e fontes dos dados.

As informações divulgadas são resultado do esforço comum de dezenas de técnicos vinculados a órgãos e entidades de variadas origens, que atuam em comitês temáticos, em grupos de trabalho e nas instâncias de coordenação técnica da RIPSA. Ao DATASUS cabe organizar todas as informações, produzir os folhetos impressos do IDB e gerar os arquivos para Internet, com os dados básicos e os indicadores calculados. O IDB é editado com freqüência anual, incorporando aperfeiçoamentos que correspondam à progressiva melhoria das bases de dados. Cada edição anual impressa é ilustrada com um tema de especial relevância para a saúde.

Espera-se que estes Indicadores e Dados Básicos sejam oportunamente utilizados na produção de análises sobre a situação de saúde e suas tendências, subsidiando os poderes públicos em todos os níveis de gestão e participação social do SUS, bem como a comunidade técnico-científica e as instâncias de representação política do país. Todos os usuários desse instrumento estão convidados a contribuir com comentários e sugestões para o seu contínuo aperfeiçoamento.

2010 | 2009 | 2008 | 2007 | 2006 | 2005 | 2004 | 2003 | 2002 | 2001 | 2000 | 1999 | 1998 | 1997