Estudo da Situação e Tendências da Vigilância em Saúde do Trabalhador no Brasil (2002)

Relatório Final do Projeto

A execução do projeto intitulado “Estudo da Situação e Tendências da Vigilância em Saúde do Trabalhador no Brasil” visa subsidiar questões colocadas pela Comissão Intersetorial de Saúde do Trabalhador (Cist), assessora do Conselho Nacional de Saúde (CNS), no sentido de estabelecer um diagnóstico situacional das ações de vigilância em saúde do trabalhador no país. Do ponto de vista operacional, foi financiado pela Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) e contou com a participação da Associação Brasileira de Pós-Graduação de Saúde Coletiva (Abrasco).

O presente relatório está dividido em quatro partes. A primeira compõe-se de uma sintética discussão conceitual e histórica da Saúde do Trabalhador (ST) no Sistema Único de Saúde (SUS). A segunda aborda, do ponto de vista conceitual, a Vigilância em Saúde do Trabalhador (VST). A terceira apresenta os objetivos e como se procedeu, metodologicamente, para a construção do diagnóstico situacional da VST no Brasil. Finalmente, a quarta parte apresenta a análise e discussão dos dados coletados, bem como os resultados obtidos e a conclusão.

Coordenador: Francisco Antonio de Castro Lacaz
Equipe coordenadora/executora: Francisco Antonio de Castro Lacaz,  Jorge Mesquita Huet Machado e Marcelo Firpo de Souza Porto.  
Apoio financeiro: Organização Pan - Americana da Saúde (OPAS). Apoio logístico: ABRASCO.