Você está aqui

O Governo do Estado inaugurou na manhã desta sexta-feira (01), através da Secretaria de Estado da Saúde, a nova sede do Cerest (Centro de Referência em Saúde do Trabalhador) em Picos. A obra reforça os serviços nos Territórios Vale do Canindé e Guaribas, beneficiando 57 cidades e cerca de 450 mil habitantes. Um veículo totalmente novo foi entregue durante a solenidade.

Durante a inauguração, o governador Wilson Martins; o secretário de Estado da Saúde, Ernani Maia, o prefeito de Picos, Gil Paraibano e autoridades federais, estaduais e locais visitaram as instalações da Sede, que foi apresentada pelo coordenador estadual do Cerest, Neylon Silva e pela coordenadora do Centro, Ivana Tereza Martins.

Wilson Martins ressaltou que o Cerest é uma grande conquista, pois os serviços realizados em Picos beneficiam a população da cidade e também de outros municípios. “Mais uma vez Picos passa a ser referência para outras cidades, com estes serviços poderemos cuidar melhor dos trabalhadores em Saúde desta região, para consequentemente prestar um melhor serviço a nossa população” disse.

O secretário de Estado da Saúde, Ernani Maia, destacou que a macro-região de Picos começa a conhecer outra realidade da saúde pública e que, além do Cerest, a inauguração do Hemocentro Regional também dará mais dignidade aos doadores e pacientes do município e região. “As vezes me emociono quando venho a Picos, porque sempre vivi nesta região e agora percebo que estamos no caminho certo, são duas obras que beneficiarão milhares de pessoas desta região. Seja para o trabalhador em saúde ou para a população. O importante é garantir recursos e acessibilidade aos serviços”, frisou Ernani Maia.

Equipe multiprofissional do Cerest/Picos

O Cerest-Picos conta com uma sede equipada com modernos computadores, auditório de convivência, Salas de treinamento e laboratórios. A equipe é composta por advogado, médico, enfermeiro, nutricionista e auxiliar de enfermagem. “Estamos muito felizes com mais este centro e em breve estaremos inaugurando outras sedes em outras cidades para avançar no cuidado desses profissionais”, disse Neylon Silva, coordenador estadual do Cerest.

Ações desenvolvidas pelo Cerest

Atendimento Individualizado aos trabalhadores, através da equipe multiprofissional. Promoção de cursos de capacitação, elaboração de material educativo.

O Cerest Regional de Picos será uma unidade especializada de retaguarda para as ações de saúde do trabalhador no Sistema Único de Saúde (SUS). Os recursos financeiros para a execução da obra são provenientes do Fundo Nacional de Saúde. Após sua aprovação, cada Cerest recebe um incentivo para a implantação de R$ 50 mil, destinados a adequação do prédio e aquisição de equipamentos e R$ 30 mil mensais para a manutenção e desenvolvimento das ações. Cinquenta e sete cidades serão beneficiadas.

No Estado do Piauí, a implantação das ações da saúde do trabalhador no SUS deu-se pela Secretaria Estadual da Saúde, através da Diretoria de Vigilância Sanitária - DIVISA. A ampliação das ações no estado foi intensificada com a criação de CERESTs regionais: um para a macrorregião de Bom Jesus, habilitado através da Portaria n.º 653 de 19/09/2006, e outros dois para Picos e Parnaíba, ambos habilitados pela Portaria SAS/MS nº 121 de 18/03/2009.