Você está aqui

Segurança na construção civil em grandes obras: encontro Presencial do Fórum Acidentes do Trabalho

Dia 11 de novembro, quarta-feira, das 08:30 às 15:00h

Local: Auditório do Paço Municipal – Salão Vermelho na Avenida Anchieta, 200, Campinas – SP

Nos últimos anos o governo brasileiro no embalo do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) fez investimentos significativos em grandes canteiros de obras, como a expansão de portos, aeroportos e sistemas rodoviários favorecendo a mobilidade urbana. Além disso, no ano passado, o Brasil foi sede da Copa do Mundo e no próximo ano sediará os Jogos Olímpicos, exigindo infra-estrutura física adicional para esses eventos. Essas atividades trouxeram em seu bojo não apenas aumento na ocorrência e registros de acidentes como também importantes impactos ambientais e na vida de populações residentes nas áreas afetadas. Desastres e acidentes na construção civil têm sido alvo de estudos apoiados em novas metodologias e construídos com apoio em estratégias multi-institucionais e multiprofissionais pouco conhecidas e utilizadas em nosso país. Exemplos de abordagens desse tipo foram aplicadas quando da construção do Parque Olímpico de Londres e também no estado de São Paulo.

O 50o Encontro Presencial do Fórum Acidentes do Trabalho tem o objetivo de proporcionar troca de ideias sobre esse processo e iluminar a busca de caminhos que possam contribuir para o estabelecimento de pontes de aproximação com atores estratégicos que atuam junto aos locais de trabalho, em prol do fortalecimento do campo da saúde e segurança na construção civil e de políticas públicas.

Para tratar do tema teremos a apresentação de duas experiências: a construção do Parque Olímpico de Londres sem nenhum acidente grave e fatal, apresentada pelo professor Alistair Gibb, do departamento de engenharia civil da Universidade de Loughborough, Reino Unido; e caso brasileiro de obra de ampliação de aeroporto pela doutoranda Manoela G. R. Lopes, da Faculdade de Saúde Pública, FSP-USP. Participe e divulgue.

Coordenação do evento:

Ildeberto Almeida, Rodolfo Vilela e Manoela Lopes

Programação:

08:30 h - Mesa: Segurança na construção civil em grandes empreendimentos
Coordenador da mesa: Dr. Mário Antonio Gomes, procurador do MPT da 15a região
Palestra: A experiência da construção do Parque Olímpico de Londres
Palestrante: Alistair Gibb, professor do departamento de engenharia civil da Universidade de Loughborough, Reino Unido.
Palestra: Acidentes e anomalias na edificação de um aeroporto: construindo mudanças na atividade
Palestrante: Manoela G. R. Lopes, doutoranda da Faculdade de Saúde Pública, FSP-USP.

10:30h – intervalo – Comemoração do 50o Encontro Presencial do Fórum Acidentes do Trabalho

11:10h – Debate

12:30h – Almoço

13:30h – Lançamento do documentário "Eletricitários"
O setor elétrico brasileiro é um dos que mais causa acidentes fatais no país. Através de depoimentos o documentário “Eletricitários” revela o que há por trás do precarização do trabalho no setor elétrico brasileiro.
Coordenador da mesa: Dr. Nei Vieira Messias – Procurador do MPT, 15a Região.
Composição da Mesa: Alessandro José Nunes da Silva, CEREST- Piracicaba; José Roberto Novaes, pesquisador da UFRJ; Carlos Alberto Alves – Pres. Sindicato trabalhadores na indústria de energia elétrica de Campinas – STIEEC

15:00h - Encerramento

Textos de apoio e mais informações sobre o fórum disponíveis na página do Fórum AT: www.forumat.net.br

O encontro será gravado e, posteriormente, disponibilizado no IPTV. USP e no canal do Youtube.

As inscrições são livres e gratuitas na Página da Faculdade de Saúde Pública: www.fsp.usp.br ou no momento do evento (vagas limitadas em função do tamanho do auditório).

Apoio:

Escola Sindical do DIEESE, Comissão de Cultura e Extensão da FSP – USP; PROEX-UNESP; CEREST Piracicaba; DVST/CVS/SES-SP; Ministério Público do Trabalho da 15a Região; FAPESP Proc. 12-04721-1; ANAMATRA; CRST Campinas.

Coordenação do Fórum:

Ildeberto M Almeida (ialmeida@fmb.unesp.br) e Rodolfo AG Vilela (ravilela@usp.br)

Comentários

Foto de Fernando Donato Vasconcelos
Fernando Donato...

Atuação do GMAI: Grupo Móvel de Auditoria de Condições de Trabalho do Ministério do Trabalho e Previdência Social no período: Janeiro/2013 a Junho/2015

1.    Foram realizadas 110 ações fiscais no período, sendo:

Total de ações realizadas    Total de empresas    Total de trabalhadores    Total de autos    Embargos/
Interdições
2013    55    857    289.711    11.522    136
2014    39    461    352.504    6.046    60
2015*    16    205    87.780    2.912    15
TOTAL    110    1.523    729.995    20.480    211
*até Jun/15

2.    Segmentos fiscalizados:
Segmentos     Ações    %
Geração e Transmissão de Energia Elétrica (Hidrelétricas/Termelétricas/Nucleares/Eólicas)    35    32%
Outros*    23    21%
Portos    12    11%
Rodovias    09    8%
Mobilidade urbana    09    8%
Aeroportos    07    6%
Ferrovias    06    5%
Infraestrutura Turística**    05    5%
Petróleo e Gás Natural    04    4%
TOTAL    110    
* Construções de pontes, Indústrias, Mineração, Siderurgia, Const. Civil (geral)
**Estádios e Arena Olímpica

 

3.    Entre 2014 e 2015 foram realizadas pelo GMAI  13 ações em empreendimentos relacionados às Olimpíadas de 2016:
Qtd.    Período    Local
1    10 a 21/03/2014    Ilha Pura - RJ
2    31/03 a 11/04/2014    Metrô Barra-Zona Sul - RJ
3    24/11 a 05/12/2014    Arena Olímpica - RJ
4    24/11 a 05/12/2014    Ilha Pura - RJ
5    21/07 a 01/08/2014    Porto Maravilha - RJ
6    16 a 27/03/2015    Porto Maravilha - RJ
7    06 a 17/04/2015    Metrô Ipanema-Gávea - RJ
8    27/04 a 08/05/2015    Arena Olímpica - RJ
9    27/04 a 08/05/2015    Metrô Gávea-Barra - RJ
10    18 a 29/05/2015    Arena Olímpica - RJ
11    08 a 19/06/2015    Transolímpica - Deodoro da Barra - RJ
12    08 a 19/06/2015    Passeio Olímpico - Barra ao Recreio - RJ
13    29/6 a 10/07/2015    Complexo Esportivo Deodoro - RJ