Você está aqui

Categorias profissionais

Silêncioso, invisível e letal. Os riscos à saúde causados pelo benzeno, substância cancerígena presente nos combustíveis, há muito são conhecidos pela comunidade científica. Na década de 1990, quando foi instituida a Comissão Nacional do Benzeno, normas regulatórias foram impostas às indústrias químicas e siderúgicas, mas os postos de combustível ficaram de fora. Agora, um anexo foi incluído à legislação para dar conta também da exposição nos postos.

No final da década de 1990, a discussão sobre a contaminação de trabalhadores e da população do entorno dos postos de combustíveis começou a ganhar forma por intermédio de um grupo que atuava na avaliação da exposição dos trabalhadores nas fábricas que utilizavam benzeno.

A Divisão de Vigilância em Saúde do Trabalhador da Coordenadoria de Vigilância em Saúde (DVISAT/COVISA), em conformidade com as orientações do Ministério da Saúde, recomenda que os estabelecimentos que utilizam serviços de entrega, assim como aos profissionais que realizam as entregas, adotem as seguintes medidas durante o período de emergência em saúde no Município de São Paulo.

O CEREST de Santo Antonio de Jesus estará realizando hoje, dia 08 de maio,  o Seminário de Saúde do Trabalhador na Construção Civil com o tema: CEREST SAJ Alerta: Saúde e Segurança em alta. O evento está previsto para às 13:30, no Hotel Ilha Bela e tem como principal objetivo instruir os trabalhadores da contrução civil e fomemtar a discussão sobre os  riscos de acidentes e doenças ocupacionais dessa categoria.

Programação:

13:00 – Credenciamento

13:30 – Abertura

13:45 – Palestra sobre Doenças Ocupacionais

Este suplemento do volume 42 da Revista Brasileira de Saúde Ocupacional (RBSO) apresenta o Dossiê Temático “Exposição ocupacional ao benzeno na cadeia de distribuição e revenda de combustíveis no Brasil”, que traz para o debate produção elaborada a partir do aprendizado coletivo e da experiência de grupo de pesquisadores, técnicos e gestores do Sistema Único de Saúde (SUS), e de autores convidados, que atuam nas questões relacionadas com a exposição ao benzeno no trabalho, sobretudo por meio das ações dos Centros de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest).

A Secretaria de Estado da Saúde vai intensificar as fiscalizações em postos de combustíveis a fim de avaliar as condições sanitárias e de saúde dos trabalhadores nestes locais. A partir da avaliação, os postos serão orientados sobre as medidas para diminuir os riscos à saúde dos frentistas, mecânicos, atendentes e outros trabalhadores. A principal preocupação é com a contaminação por benzeno, substância tóxica presente nos combustíveis.

Devido  às inúmeras notificações de acidentes do trabalho  nas atividades da construção civil, inclusive com óbitos, a Diretoria de Vigilância em Saúde do município de Suzano (SP) e o CEREST Regional de Guarulhos realizarão em 02/07/2013 das 09h00min às 11h00min,  uma palestra sobre “Saúde e segurança do trabalho em construção civil”

Outra dificuldade é em relação ao diagnóstico nos casos intoxicação por substâncias relacionadas ao trabalho...

O Ministério Público de Trabalho apresentou nesta quarta-feira (05), no auditório da Fundacentro, no bairro do Torreão, a primeira etapa de um projeto sobre as condições de trabaho dos rodoviários na Região Metropolitana do Recife.

Participam do encontro procuradores, representantes das empresas de ônibus e membros do Grande Recife Consorcio de Transporte. O projeto foi coordenado pelo Ministério Público do Trabalho, em parceria com a Universidade Federal de Pernambuco e Universidade de Pernambuco.

 

Nas propagandas e nos filmes, a moto é um símbolo de liberdade: vento no rosto, velocidade, agilidade. Mas a vida real tem mostrado que o preço de se locomover e trabalhar sobre duas rodas é alto. Entre 2008 e 2013, o número de internações por acidentes com motocicletas aumentou 115% no Brasil. Prioridade para o transporte rodoviário, incentivos ao consumo, cidades engarrafadas e a pressa do cotidiano estão entre os fatores que motivaram o aumento da frota de motos no país e, consequentemente, dos acidentes.