Ipea analisa mercado de trabalho e demografia

Comunicados do Ipea nº 156 e 157, com base na PNAD 2011, serão apresentados no Rio de Janeiro

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) divulga em coletiva de imprensa na quinta-feira, 11, às 11h, no auditório do 10º andar da Avenida Presidente Antônio Carlos, 51, no Centro do Rio de Janeiro, novas conclusões sobre a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD 2011), nos Comunicados nº 156 –Análise do mercado de trabalho brasileiro, e 157, Tendências Demográficas.

Os comunicados serão apresentados pelos técnicos de Planejamento e Pesquisa Miguel Foguel (156) e Ana Amélia Camarano (157). A mediação ficará a cargo do técnico de Planejamento e Pesquisa Carlos Henrique Corseuil. O trabalho foi realizado pela equipe da Diretoria de Estudos e Políticas Sociais (Disoc) do Ipea e comparou a série de PNADs da década passada.

Com relação ao mercado de trabalho (156), os pesquisadores avaliam a queda expressiva da taxa de participação, razão entre a população economicamente ativa (PEA) e a população em idade ativa (PIA), além de apontar em quais faixas etárias os movimentos foram maiores. Também falam sobre mudanças na jornada média de trabalho, rendimento, escolaridade e a evolução das ocupações de baixa qualificação (domésticos, agrícolas, trabalhadores de serviços de transporte, segurança, administração de edifícios, saúde e embelezamento, entre outros).

Já os resultados do Comunicado nº 157 confirmam a tendência demográfica no país desde os anos 1970: desaceleração no ritmo de crescimento da população e mudanças expressivas na estrutura etária. A tendência é um acelerado envelhecimento populacional, com prejuízo a alguns grupos.

Leia a íntegra do Comunicado do Ipea nº 157, Tendências demográficas mostradas pela PNAD 2011

Leia a íntegra do Comunicado do Ipea nº 156, PNAD 2011: Primeiras Análises sobre o Mercado de Trabalho Brasileiro

Fonte: IPEA, 04/10/2012