CEREST Cacoal realiza interdição em máquina de mercado da cidade que oferecia risco á saúde de trabalhadores.

Atualizado em:

terça-feira, 7 Novembro, 2017 - 10:31

 

O Centro de Referência em Saúde do Trabalhador Regional Cacoal em conjunto com a Vigilância Sanitária do município, cumprindo atribuições que lhe são conferidas de acordo com a lei orgânica de Saúde n° 8.080/90, lei estadual n.°9.505/97 e pela lei 1.760/2007 que Institui o Código Estadual de Saúde do Trabalhador, realizou uma VISAT (Vigilância em Saúde do Trabalhador) no setor de açougue após notificação de acidente de trabalho no seguimento com amputação de falange distal em um mercado da cidade de Cacoal, buscando identificar riscos de acidentes/doenças ocupacionais, na tentativa de evitar novos acidentes de trabalho.

Durante inspeção os técnicos constataram que a serra fita, utilizada para cortar carne, estava sem a proteção que impeça o contato do operador com a serra. Constatada que a máquina de trabalho, não esta adequada aos padrões de segurança exigidos pela legislação vigente (NR12), pois não possuía mecanismo de segurança como dispositivo manual para empurrar a carne contra as lâminas de corte, evitando o contato do trabalhador com a serra e não possui proteção fixa/móveis nas lâminas da serra que busca evitar o contato do trabalhador com a mesma determinou-se a interdição da máquina por tempo indeterminado, até que a empresa realizasse adequação do equipamento.

Após a interdição, a empresa adequou o equipamento conforme solicitações do CEREST, que realizou a desinterdição. Salientamos que o objetivo maior dessas ações, são a prevenção e a promoção da saúde dos trabalhadores.