Capacitação em Vigilância em Saúde do Trabalhador

Os Projetos de Capacitação de VISAT desenvolvidos pela Escola Nacional de Saúde Pública da Fundação Oswaldo Cruz, por intermédio do Grupo Direitos Humanos e Saúde (DIHS/ENSP/Fiocruz), em parceria com outras instituições, e financiados pelo Ministério da Saúde, são desenvolvidos em duas modalidades de formação:

1) a de Multiplicadores/Facilitadores;

2) a de Curso Básico para agentes da Renast, Vigilância Sanitária, Controle Social e outras instituições parceiras.

A formação de Multiplicadores tem como objetivo preparar, mediante critérios de seleção, um grupo de profissionais para ministrar os cursos básicos. Este curso é realizado em duas etapas de 40 horas cada e organizado de comum acordo com as coordenações locais dos Cerest que participam do Projeto. Os profissionais, uma vez formados, passam a constituir um Banco de Multiplicadores, vinculado aos projetos, de modo a serem referência para auxiliar na formação da Renast no território nacional.

O Curso Básico é organizado na modalidade de imersão de 40 horas, com ação em serviço e desencadeamento de intervenções sobre os processos produtivos de interesse do nível local onde o curso é realizado. O curso é ministrado por dois multiplicadores e supervisionado pela Coordenação Colegiada do Projeto (Ccol) e Coordenação Técnica.

Acesse o blog do projeto

Equipe

Coordenador Geral

Luiz Carlos Fadel de Vasconcellos
Médico Sanitarista
Médico do Trabalho
Doutor em Saúde Pública
Professor / Pesquisador - Grupo Direitos Humanos e Saúde – DIHS da Escola Nacional de Saúde Pública - ENSP/ Fundação Oswaldo Cruz – FIOCRUZ
Coordenador do Projeto “Subsídios para elaboração do curso básico de Vigilância em Saúde do Trabalhador”.