CGST

Coordenação Geral de Saúde do Trabalhador/DSAST/SVS/MS

Inventários de Saúde do Trabalhador

Os Inventários de Saúde do Trabalhador têm por objetivo fomentar o processo de monitoramento e avaliação da implementação da Ponítica Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora, tendo como foco sua estratégia principal, a Rede Nacional de Atenção Integral à Saúde do Trabalhador (RENAST).

Coordenação Geral de Saúde do Trabalhador (CGST/MS)

SCS Quadra 04, Bloco A, Edifício Principal, 6º andar, Brasília/DF. CEP: 70.304-000

Telefone: (61) 3213 8489      

Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora

Capítulo IV - Das Responsabilidades

Seção I - Das Atribuições dos Gestores do SUS

Art. 10. São responsabilidades da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Município, em seu âmbito administrativo, além de outras que venham a ser pactuadas pelas Comissões Intergestores:

3a Webconferência sobre Gestão e Financiamento na Renast

Com um ciclo de atividades direcionado para gestores em Saúde do Trabalhador, o Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP/Fiocruz) convida para a terceira e última webconferência sobre Gestão e Financiamento na Renast que ocorrerá no dia 16 de junho de 2018, das 10 às 11 horas (horário de Brasília- DF).

Esta atividade terá como palestrantes Roque Veiga, da Coordenação Geral de Saúde do Trabalhador (CGST/DSAST/SVS/MS), e Grégory dos Passos Carvalho, do Departamento de Articulação Interfederativa (DAI/SE/MS).

2º Curso de Especialização à Distância em Epidemiologia em Saúde do Trabalhador será lançado em agosto

Dando continuidade ao trabalho de formação dos profissionais da Rede Nacional de Atenção Integral à Saúde do Trabalhador (RENAST), uma das diretrizes da Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora (PNSTT), o Ministério da Saúde por meio da Coordenação Geral de Saúde do Trabalhador (CGST/DSAST/SVS/MS) em parceria com a Universidade Federal da Bahia/Instituto de Saúde Coletiva (UFBA/ISC) , lançará em agosto de 2018 o 2º Curso de Especialização à Distância em Epidemiologia em Saúde do Trabalhador (CEPIST 2), para atender aos profissionais que atuam no Sistema Único de Saúde (SU

Acidentes de transporte relacionados ao trabalho no Brasil, 2007-2016

Os acidentes de transporte são responsáveis por um conjunto significativo de óbitos e lesões. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas os acidentes terrestres resultaram em 1,2 milhão de mortes em todo o mundo, acometendo principalmente jovens do sexo masculino em fase produtiva, de 15 a 29 anos, em 2012.1 No Brasil, entre os anos de 2000 e 2014, o número de óbitos por esses acidentes aumentou de 28.995 para 43.780; a taxa de mortalidade elevou-se de 17,6 para 21 óbitos/100 mil habitantes. Apenas no ano de 2014, foram registradas 176.007 internações hospitalares por acidentes de transporte (taxa de 8,6 internações/10 mil hab.), cujo gasto para o Sistema Único de Saúde (SUS) alcançou R$ 244 milhões.2 Parte desses casos são acidentes de transporte relacionados ao trabalho, os quais representam elevada morbimortalidade, alto custo social e grande impacto sobre os serviços de saúde, a sociedade e a economia. Estimativas apontam que são gastos aproximadamente R$ 40 bilhões por ano com acidentes em rodovias, e cerca de R$ 10 bilhões com acidentes em áreas urbanas, principalmente com a perda de produtividade e custos hospitalares.

Oficina de Formação do Controle Social em Saúde do Trabalhador em Brasília nos dias 18 e 19 de julho

As oficinas de Formação do Controle Social em Saúde do Trabalhador do Projeto de Articulação e Capacitação do Controle Social desenvolvidas pelo DIESAT em parceria com Conselho Nacional de Saúde-CNS e com a Coordenação Geral de Saúde do Trabalhador-CGST, serão realizadas ao longo do ano de 2018, totalizando 27 oficinas uma em cada estado do Brasil.

Ministério da Saúde divulga a Nota Informativa sobre vigilância em saúde de trabalhadoras e trabalhadores da pesca artesanal

O Departamente de Saude Ambiental e do Trabalhador publica a Nota Informativa Nº 5/2018-DSAST/SVS/MS que informa sobre as principais demandas de vigilância em saúde de trabalhadoras e trabalhadores da pesca artesanal e recomenda ações.

MINISTÉRIO DA SAÚDE

DEPARTAMENTO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE AMBIENTAL E SAÚDE DO TRABALHADOR - DSAST
SRTV 702, Via W5 Norte - Bairro Asa Norte, Brasília/DF, CEP 70723-040
Site - saude.gov.br

Nº 5/2018-DSAST/SVS/MS

Orientações para registros de procedimentos de saúde do trabalhador no SIA/SUS

Para registro dos procedimentos de Saúde do Trabalhador no Sistema de Informações Ambulatoriais do Sistema Único de Saúde (SIA/SUS), de acordo com a Portaria Nº 1.206, de 24 de outubro de 2013, é necessário o devido cadastro do estabelecimento de saúde no Sistema de Cadastro de Nacional de Estabelecimentos de Saúde (SCNES), considerando-se as 03 possibilidades abaixo:

Páginas

Subscrever RSS - CGST